Quem tem Pets como gatos e cães em casa sabe o quanto a conta pode ficar cara no fim do mês. Se colocar na ponta do lápis os gastos com ração, vermífugos, vacinas, remédios para carrapatos e pulgas, brinquedos, acessórios e consultas veterinárias, o montante é alto.

O plano de saúde pet pode ser a saída para quem quer economizar, sem deixar de oferecer o melhor para o seu bichinho. confira o artigo que preparamos com 7 dicas de como escolher o melhor Plano de Saúde para Pet.

7 dicas de como escolher o melhor Plano de Saúde para Pet

Plano de Saúde para Pet: 7 dicas de como escolher o melhor

1 – Faça Plano de Saúde para Pet com empresa que tenha experiência de mercado

A credibilidade e confiança são essenciais, quando se trata de saúde. Empresas com mais tempo de mercado costumam ser mais experientes.

Antes de contratar o seu plano de saúde animal, avalie a reputação da empresa e os comentários de clientes no site, em redes sociais, em mecanismos de busca (como o Google) e portais de reclamações e defesa do consumidor.

2 – Reembolso em consultas fora da rede

Avaliar se o plano de saúde animal cobre consultas realizadas em clínicas credenciadas é outro ponto importante.

Isso porque, se você estiver viajando ou longe de casa e seu pet passar por uma emergência de saúde, é importante que você o leve à clínica mais próxima possível para garantir um rápido atendimento. Se o plano cobrir essa consulta, você passa a ter mais liberdade e segurança.

3 – Rede credenciada abrangente é importante

Quando falamos em atendimento veterinário, um ponto essencial é que o plano de saúde pet tenha uma ampla rede de clínicas credenciadas. Alguns planos ainda oferecem descontos em estabelecimentos parceiros.

Ter diversas opções de confiança te dá a tranquilidade de poder levar seu pet a um atendimento emergencial a qualquer hora, de onde você estiver. Consulte a localização das clínicas credenciadas e, novamente, pesquise sobre a reputação desses locais.

Também é importante saber quais são os médicos veterinários responsáveis e que farão o atendimento do seu pet, verificando se eles estão registrados no CRMV – Conselho Regional de Medicina Veterinária, dentre outros atributos.

4 – Plano de saúde pet sem carência (e que cabem no seu bolso)

Geralmente, só paramos para pensar no valor das consultas veterinárias e em contratar um plano de saúde animal quando já estamos em uma situação de emergência. Mas, durante uma emergência, não podemos esperar, certo?

O plano sem carência é ideal principalmente nesses casos, já que seu animalzinho ficará coberto logo que você fizer a contratação. Você contrata e já pode usar imediatamente.

5 – Acesso ao histórico clínico

Um benefício muito interessante que alguns planos de saúde para cachorro oferecem é o acesso ao histórico clínico do pet.

Pela internet, você consegue acompanhar o prontuário com os dados de saúde do animal, datas em que ele foi vacinado e precisará de novas doses, calendário de consultas, resultados de exames, medicamentos receitados e outros.

Também é possível, em alguns tipos de convênio para cachorro, receber notificações para saber que está na hora de levar seu animal de estimação para se vacinar, por exemplo.

6 – Considere a saúde do seu pet

Se você já encontrou uma empresa confiável, que tenha uma boa rede credenciada em sua cidade e permita contratar online, agora é hora de definir qual é o plano de saúde pet que será contratado. A maioria das empresas conta com diferentes tipos de cobertura.

O primeiro passo é saber quanto você pode gastar por mês com a saúde do pet. Afinal, você não quer prejudicar o seu controle financeiro, certo?

Depois, pense no estado de saúde do pet e sua idade. Cães jovens costumam precisar menos de cuidados veterinários, porém, ao atingir cerca de 6 anos de idade, é comum aparecerem pequenos problemas de saúde e você precisa estar preparado.

7 – Custo-benefício

Imagine que seu cão tenha uma simples dor de barriga. Diarreia e vômito, principalmente se durarem mais de um dia, costumam indicar que há uma doença ou infecção por trás.

O que você faz? Leva o animal a um consultório veterinário.

Uma consulta custa em média de R$130 a R$150. Um exame de ultrassom veterinário, para verificar se há algo errado no aparelho intestinal do cachorro, custará por volta de R$200.

Só aí, você já gastou mais de R$330. Se ele for diagnosticado com alguma doença, você terá mais despesas com medicamentos, consultas de retorno, novos exames.

Neste mesmo ano, você ainda precisará dar ao cachorro as vacinas obrigatórias com reforço anual (a V8 ou V10) e até aqui você já perdeu as contas de quanto precisará gastar com a saúde do seu pet. Por isso, antes de escolher o melhor plano de saúde pet, avalie o custo da mensalidade e os serviços cobertos pelo plano de saúde animal.

Por que contratar o Plano de Saúde para Pet através da Jorge Couri Seguros

Ter um plano de saúde é uma forma de retribuir todo o amor e carinho que o seu pet tem, além de trazer mais tranquilidade e segurança para você. Somos uma das melhores corretora do Brasil e trabalhamos com as principais seguradoras do País.

Para cotar, clique no botão abaixo e preencha o nosso formulário online. Se preferir, ligue para o número 11 2081-7000 e fale com um de nossos consultores.

Cotar Plano de Saúde Pet

Reader Interactions

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *