Consórcio Imobiliário

O consórcio é uma ótima opção para você adquirir um imóvel por meio de parcelas mensais e sem juros. Além do sorteio mensal, é possível dar lances, inclusive usando seu FGTS, para ampliar as chances de ser contemplado.

Você também pode usar seu crédito do consórcio para construir, reformar, comprar uma casa de praia ou um terreno.

Contratando o Consórcio Imobiliário você pode:

  • Você também pode reformar o seu imóvel, ampliar o seu patrimônio ou construir do zero.
  • É possível quitar a dívida do seu imóvel em uma instituição financeira com o valor da carta de crédito.
  • Diferente do financiamento, você não precisa pagar juros, entrada ou valores intermediários do seu novo imóvel.

Solicite uma proposta

Vantagens de comprar um Consórcio Imobiliário

Planos para todos os prazos e preços

Não importa se você vai construir sua casa do zero, reformar algum imóvel que você já tem ou comprar o seu novo lar, temos planos de Consórcio de Imóveis para realizar o seu sonho.

Você também conta com diferentes opções de prazos: desde prazos mais curtos, para quem pode pagar um pouco a mais mês a mês para realizar seu sonho mais rapidamente, até prazos mais longos, para quem tem paciência para esperar.

Muitas chances de ser contemplado nas assembleias

Você conta com mais de uma chance de ser contemplado nas assembleias mensais. Além do sorteio mensal, que premia um participante que esteja em dia com as suas parcelas, também existem duas modalidades de lances: o lance mínimo e o lance livre.

Quando seu lance é aprovado, o valor pago é dividido entre abater o valor total da dívida e as prestações futuras. Assim, você quita uma parte grande do total, além de ter as parcelas restantes diminuídas tanto em duração quanto no valor mensal. Assim sobra mais dinheiro para mobiliar seu novo lar 🙂

Grupos fechados: suas chances de ser contemplado aumentam mês a mês

Com isso, todo mês sua chance de contemplação aumenta, já que você estará concorrendo com sempre menos pessoas. Isso também vale para seus lances, seja o mínimo ou o lance livre.

Além da vantagem acima, isso também permite que você se programe financeiramente melhor para adquirir, construir ou reformar seu imóvel. Você pode ir juntando dinheiro para dar um lance um pouco mais para frente, sabendo que haverá menos concorrência; ou se você você só consegue continuar pagando as parcelas, você sabe que a cada mês você está mais perto do seu sonho.

Sem pegadinhas: sem taxas e cobranças surpresas

Nada é pior do que comprar uma coisa e acabar pagando outra, não é mesmo? Por isso, fazemos questão de ser claro desde o começo: aquilo que você combinou que seria pago não muda no meio do contrato, nem na hora da contemplação.

Você paga somente o que está no contrato, isto é, a taxa de administração, o seguro prestamista e o reajuste anual com base no Índice Nacional da Construção Civil. Sem pegadinhas!

Tem dúvidas sobre Consórcio de Carros

Posso usar o saldo do FGTS no consórcio?

Sim, você pode utilizar o seu FGTS no Porto Seguro Consórcio para dar lance ou complementar a carta de crédito, seja para compra ou construção de imóvel residencial.

E, depois da compra, você pode abater as parcelas de trás para frente ou, ainda, pagar o seu saldo devedor.

Posso fazer consórcio com nome sujo?

Geralmente, para participar de um consórcio, ter o nome sujo não é um obstáculo. Na maioria dos casos, porém, é preciso estar com o nome limpo no ato da contemplação, já que essa é uma circunstância que dá à administradora o direito de negar a liberação da carta de crédito — fato que consta legalmente do contrato.

De olho nisso, trate de garantir, ao menos ao longo do processo, que não existirão pendências financeiras em seu nome quando for contemplado. Esse cuidado evitará que você precise adiar seu sonho!

Como mantenho meu consórcio em dia?

Você precisa ter em mente que as parcelas deverão ser quitadas até o vencimento para que seu crédito não fique comprometido de forma alguma, independentemente das condições do seu CPF. Até porque essas pendências podem ser resolvidas antes de você ser contemplado.

Caso a situação fique ainda mais apertada você pode até tentar renegociar com a administradora o valor da carta de crédito. Assim, conseguirá uma redução no valor das parcelas mensais.

Se você perceber que não vai conseguir realmente pagar as mensalidades do consórcio, existe a opção de repassar a cota para uma outra pessoa. Porém, nesse caso também vale consultar a administradora para se informar sobre as condições. Isso porque cada empresa tem suas próprias regras.

Confira, a seguir, algumas dicas para organizar a sua saúde financeira e não ser surpreendido durante o consórcio.